Deus Pune a Ovelha Desgarrada?

PERGUNTA

 

Oi pastor, tudo bem? Preciso tirar algumas dúvidas…

 

Desde sempre as pessoas falam que eu sou escolhida de Deus; já aconteceram muitas situações lindas que Deus fez pra mim! Sei q tenho um chamado.. mas, posso negar isso? Vai cair alguma maldição em cima de mim se eu escolher não aceitar o chamado? Não seguir a Deus? Tipo eu amo Ele, mas sei lá, eu vejo tantas

jovens na minha idade que são felizes sem nem seguir a Deus.. eu começo a seguir e parece q minha vida vira um inferno! Tipo… nao que eu quero ser rebelde.. nao é nada disso… eu só quero fazer minhas escolhas…por mais q sejam ruins, eu quero aprender com isso! Quero namorar, sair com as amigas… eu nao gosto de balada e nem de beber! Mas gosto de escutar musicas do mundo…tipo, eu quero seguir a Deus, mas nao agora, entende? Eu sei q um dia vou conhecer o cara certo..vou casar e ter uma familia… ai sim..quero servir a Deus, seguir meu chamado! Mas agora eu nao queria… eu so tenho 19 anos… as jovens da minha idade na igreja tdo namoram p casar ja.. eu acho mto cedo… qro me formar, trabalhar…ai me envolver com alguem pra casar!! Sei la pastor… a pergunta é essa… eu vou sofrer demais se nao seguir bem certinho Ele agora? Vai cair alguma maldicao em mim? Deus vai ficar bravo demais cmg? Preciso de respostas… bjs!!! Nanda

 

RESPOSTA

 

Filha, você é livre para fazer suas escolhas, seus caminhos, tomar suas decisões. Pode ir para onde quiser, fazer o que quiser, andar com quem quiser. Só não pode pecar, porque aí terá consequências em sua vida espiritual.

 

Suas escolhas também trarão consequências, claro, porém no mundo. Mas o pecado trará consequências que poderão levá-la à morte espiritual, à perda da vida eterna com o Senhor.

 

O perigo de escolher andar no mundo é que você não sabe quando será o seu dia final, não sabe se haverá tempo para arrepender-se. Alguma dessas suas amigas, que você diz serem felizes, sabe por acaso se estará viva amanhã? Os cemitérios de minha cidade estão cheios de mortos aos 19 anos de idade. Você arrisca dizer que vai viver até os 40 anos? 30? 20, então?

 

Cuidado, filha, com os enganos do mundo, pois há caminhos que ao homem parecem direitos, mas ao fim, são caminhos de morte. Jesus conta a parábola do pastor que tinha cem ovelhas e, ao final do dia, ao contá-las descobriu que uma havia se desgarrado e estava perdida, provavelmente andando por caminhos de morte. Pois aquele pastor deixou noventa e nove ovelhas no aprisco e foi pelos campos procurar a perdida. Ao encontrá-la, curou suas feridas e tomou-a nos braços, voltando com ela em segurança e fazendo uma festa com os amigos por tê-la recuperado com vida.

 

A ovelha foi resgatada com vida sim, mas poderia ter morrido em algum abismo ou estraçalhada por feras. O pastor não a puniu, mas cuidou dela. Jesus não veio para julgar o pecador, mas para salvá-lo.

 

Mas, repito, você é livre para fazer suas escolhas e tomar suas decisões. Deus permitirá, pois Ele lhe deu o livre arbítrio e não lhe tirará, mas se você tem realmente um chamado de Deus, se você for realmente uma ovelha do Senhor, pode ter certeza que Ele não vai descansar até recuperá-la. E é fria lutar com Deus, pois a cada atitude errada sua, cada passo dado rumo ao perigo, você irá ouvir sua consciência gritar.

 

Você quer correr o risco de lutar com Deus?

 

José Adelson de Noronha

 

Pecado, Alimento de Satanás

 

 

 

 

 

 

José Adelson de Noronha 

“…comerás pó todos os dias da tua vida” (Gn 3:14) 

Nossos pecados são alimento para Satanás e seus demônios. Os demônios não têm corpo e usam o homem para satisfazerem-se em suas concupiscências. Por isso, muitas das nossas tendências são quase que incontroláveis, pois, em algum momento, demos autoridade aos demônios de nos assediarem. E esse assédio pode vir na forma de outra pessoa, fraca espiritualmente e também dominada por demônios, com quem nos relacionamos afetivamente. E nessa dupla fraqueza espiritual, entramos em um círculo pecaminoso sem fim, contaminando e sendo contaminados. E quanto mais fracos espiritualmente estivermos, mais liberdade os demônios terão de se apossarem de nossos desejos, levando-nos a pecar. 

 

Jovem, todo cuidado é pouco ao escolher amizades e com quem namorar, pois você pode estar entrando em caminhos de morte. Se já estiver num relacionamento ímpio, pecando sexualmente e sem saída, arrependa-se, peça perdão a Deus e saia fora dele. É caminho de morte. Se houver condições, procure uma Igreja que tenha cultos de libertação e peça orações por você e pela pessoa que está escrava do pecado.

 

Também existem muitos cristãos, jovens ou não, homens e mulheres, casados ou solteiros, escravos da imoralidade sexual, como a pornografia e a masturbação. Gemem com o pecado e não sabem como libertar-se. Amados, somos orientados pela Palavra de Deus a buscarmos no Senhor, em oração, saber onde caímos para que sejamos restaurados e voltemos ao primeiro amor. “Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas” (Ap 2:4,5).

 

Jesus é o bom pastor, aquele que não deixa uma ovelha sua perder-se pelos desertos. Se você crer, saiba que Ele virá resgatá-lo, curá-lo, amá-lo e cuidar de você. Não se conforme com o pecado em sua vida, mas creia que o pastor está chegando para resgatá-lo. E espere confiantemente. Mesmo tendo pecado, confie e espere.

 

Faça da esperança nesse resgate que virá, uma âncora para sua alma pecadora e perdida. Essa esperança deve estar ancorada na promessa de Jesus, de que nenhuma das suas ovelhas se perderá. Eu vivo assim. É esta esperança que me sustenta.

 

A sensualidade não é dominada por força de doutrinas humanas, mas sim pelo amor a Deus. Na verdade, não há força alguma humana que vença a sensualidade ou a concupiscência. Não é por meio de usos e costumes que se vence. Nem por meio de normas internas na Igreja ou normas auto-impostas. Nem mesmo por meio do casamento se domina completamente a concupiscência.

 

Nem mesmo a idade avançada tem esse poder. Pelo contrário, “a idade avançada arrisca-se a ser um período de redobrada tentação, porque a imaginação de um homem velho substitui de maneira horrível o que a natureza lhe recusa” (François Mauriac, escritor católico, já idoso).

 

A sensualidade ou lascívia (concupiscência) só se vence quando amamos mais a Deus do que ao mundo e não desejamos entristecer ao Senhor com nossos pecados ou não desejamos separar-nos do Senhor por causa da nossa impureza. A impureza nos impede de vermos a Deus: “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus” (Mt 5:8)

 

Quando percebemos que a impureza nos separa de Deus, então sim, essa força é que nos sustenta contra a concupiscência que está em nós. E enquanto estivermos vivos, ela estará sempre em nós, como um vírus latente, esperando um momento de baixa resistência para manifestar-se, sendo nós plenos ou mutilados. Novos ou velhos.

 

Somos miseráveis, fracos e sujeitos a todo tipo de pecado. Basta nos enfraquecermos espiritualmente e muita coisa se manifestará em nós. Mas graças a Deus por Jesus Cristo, a fonte do amor, que tudo pode!

 

Que o Senhor lhe conceda graça e libertação.

O Maior Prazer

 Foto \

É o prazer de receber o perdão de todos os pecados e a certeza de viver a eternidade com Deus.

 

Experimente este prazer crendo em Jesus Cristo que, por amor, deu a sua vida na cruz do Calvário, ressuscitou e, agora, te chama para fazer parte do povo de Deus.

 

Faça esta oração:

Senhor Jesus, reconheço que sou pecador e preciso de perdão por meus pecados. Agora sei que o Senhor me ama e deu a vida para me salvar. Entre em meu coração e me dê este prazer.

 

Se quiser conversar mais sobre este assunto ou sobre sua nova vida, escreva-me

joseadelsondenoronha@gmail.com

ou ligue para (31) 3271-6751